Site Oficial do Movimento
RIO GRANDE LIVRE
Desenvolvimento de bases teóricas

Home Inscrição Contato Doação Facebook

 

             UM PASSO À FRENTE DO MTG

AUTONOMISMO

DEFINIÇÕES     

BASES     

O PAÍS     

PERIFÉRICOS     

 

HISTÓRIA

RECONTANDO     

RESUMO     

CRONOLOGIA     

DOCUMENTOS     

CURIOSIDADES     

 

BIBLIOTECA

LIVROS     

TRABALHOS     

MATÉRIAS     

FOTOS     

LINKS     

 

 
          O Movimento Rio Grande Livre não tem o propósito de levantar as questões internas do MTG.
 
          A princípio reconhece seu valor e até a necessidade de sua existência e sua criação naquele momento crítico para nossa cultura.
 
          Mas o Rio Grande Livre trás embutida uma proposta de "complemento" e "sublimação" do exercício de nossa legítima cultura gaúcha, elevando-a ao patamar de "identidade"!
 
          Realmente o MTG foca-se muito nos aspectos físicos, no sentido material da tradição, preocupando-se com as vestimentas, com o linguajar, com as músicas e ritmos... Mas não se eleva à dimensão espiritual e sentimental desta cultura!
 
          As "práticas do tradicionalismo" são manifestações físicas e representativas do que nos vem na alma!
          Somos primeiro gaúchos... Depois, por conta disso, nos vestimos, cantamos, mateamos, churrasqueamos. Não faz sentido regrarmos nossas emoções, nosso orgulho, nosso amor! Isto é expontâneo!
 
          O Movimento Rio Grande Livre lança uma questão inquietante: Por que nos sentimos gaúchos? Por que vestir-se, comer, cavalgar, falar como nossos antepassados nos enche de orgulho, de satisfação, de prazer!...

          Por que?

          E vamos em busca das respostas! Elas estão, com certeza, nas nossas origens. Nossas verdadeiras origens. Mais especificamente, está na origem desta cultura gaúcha!
 
                Estaria nos açorianos vindos de Laguna e, mais atrás, das Ilhas dos Açores? Nossa cultura tem base em Portugal? Ou na mescla de espanhóis com índios Guaranis e Charruas? Ou ainda, a partir desta mescla, gerando uma etnia nova forjada nas planuras do Pampa, baseada na liberdade em seu sentido mais profundo, e parida na necessidade primordial de sobrevivência?
 
                Vamos em busca destas respostas.
 
                Mas, para obtermos um entendimento claro e convincente precisamos reunir tudo o que nos transmitiram, tudo o que nos ensinaram nas escolas e nas Universidades, nos livros clássicos, verdadeiras "bíblias" históricas, e colocar tudo isto de lado!
 
                Porque tudo o que nos foi legado sob a égide e o clima do país vencedor da grande Guerra Farrapa, é a verdade dele: do país vencedor! É como o Brasil vê a nossa história!
 
                Está viciada, impregnada desta visão externa, que nos mira desde o "seu" ponto de vista, e totalmente alheia aos nossos interesses mais particulares. Busca sua justificativa, e agradar ao seu Rei.
 
                Não nos serve!
 
                Precisamos ser nós mesmos, únicos e independentes. E então revisitar nosso passado em busca destas respostas... Respostas estas que só os "gaúchos" (De alma e coração) podem encontrar.
 
                O Movimento Rio Grande Livre, fortemente comprometido com este resgate, vem dar um passo à frente do MTG, que o povo gaúcho precisa dar; Este é o nosso caminho: O resgate, a identificação e a salvação do verdadeiro gaúcho!         

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Criado e Composto por Romualdo Negreiros - Porto Alegre - Capital da República Rio-Grandense - 2015